Celebração de casamento com efeito civil

A celebração de um casamento com efeito civil numa casa de festas, sitio, praia ou outro local, irá necessariamente, precisar da presença de um Juiz de Paz. Ele poderá realizar também  a Celebração, ou não. Nem todos fazem isso. Nesse caso, ele fará a parte civil da cerimônia, e um Celebrante fará a cerimônia, ecumênica ou social ou religiosa, dependendo do interesse dos noivos.CIMG9109

Todavia, é importante que os interessados saibam que uma cerimônia civil em uma casa de festas, ou outro local que não seja uma igreja, tem um custo que nem todos estão dispostos, ou não podem, pagar. Atualmente em São Paulo, esse custo é de R$922,00. No Rio de Janeiro aproximadamente R$1.200,00, dependendo da distância, acrescido de  taxas do cartório.

Mas, os noivos, tem outra alternativa mais barata. Podem dar entrada no cartório com antecedência mínima de 60 dias da data pretendida, desembolsar atualmente no Rio de Janeiro o valor, em média,  de  R$450,00 com todas as taxas e despesas extras de autenticações e reconhecimento de firmas inclusas. No dia marcado pelo Juiz de Paz, vão ao cartório e recebem a certidão de casamento civil. Posteriormente podem fazer  uma cerimônia ecumênica , com um Celebrante profissional, no local da festa. O desembolso total nessa situação poderá girar em torno de R$900,00 a R$1.100,00.

LOCAL DE CERIMÔNIA DE CASAMENTO EM CASA DE FESTAS
LOCAL DE CERIMÔNIA DE CASAMENTO EM CASA DE FESTAS

Se a opção for fazer a cerimônia numa igreja, não haverá necessidade de  desembolsar a taxa do Juiz de Paz, porém o custo será praticamente o mesmo do deslocamento do Juiz. Entretanto, nesse caso, quem terá que celebrar o casamento deverá ser uma autoridade religiosa (padre,rabino, pastor).

 

Celebrante de Casamento

Casamento na praia

 

 

 

 

 

 

 

Muitos casais têm optado por esse profissional para fazer a celebração da cerimônia de seu casamento. Mas quem é esse profissional?

O Celebrante de casamentos normalmente é um Cerimonialista, e/ou,  Mestre de cerimônias profissional, ou seja, que tenha registro no Ministério do Trabalho. Alguns Celebrantes têm  formação em  Teologia. Ele  realiza cerimônias de pessoas de diversas religiões, ou que não tenham nenhuma religião específica. Essas pessoas podem ser solteiras, viúvas ou mesmo divorciadas.

A cerimônia realizada por um Celebrante é chamada nos EUA como “Wedding Officiant” .Esse tipo de cerimônia é conhecida no Brasil como ecumênica,ou neutra, ou ainda, social.

Normalmente é realizada em casas de festas, praias, sítios, entre outros. Pode-se afirmar que atualmente esse tipo de cerimônia vem se tornando uma “tendência dos novos tempos”, como é afirmado no Guia Festas (nº51, p.20), devido à comodidade de ser realizada no mesmo local da recepção aos convidados.

 

12º Seminário CREA-RJ

No dia 16 de janeiro de 2013, foi realizado o  décimo segundo Seminário CREA-RJ, Tecnologia e Gestão de Qualidade, no Hotel Windsor Guanabara, no centro do Rio de Janeiro.

Túlio de Pinho no púpito apresentando o evento.
Túlio de Pinho no púpito apresentando o evento.

Túlio de Pinho foi o Mestre de cerimônias do evento, que teve a posse  dos novos conselheiros e suplentes do Conselho, e ainda algumas palestras sobre as novas ferramentas de trabalho e inovações tecnológicas a disposição dos recém empossados.

 

Casa de festas ideal

Fachada do Clube dos funcionários do BNDS na Barra da Tijuca-RJ
Fachada do Clube dos funcionários do BNDS na Barra da Tijuca-RJ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Muitas pessoas têm dificuldade de escolher a casa de festas para seu evento. Entendemos, que alguns parâmetros devem servir de base para essa escolha. Entre esses parâmetros, o primeiro será o número de pessoas que serão convidadas. A partir desse número, pode-se então começar a verificar  externamente  as facilidades de acesso ao local, estacionamento, segurança na área e nas adjacências. A seguir, é muito importante ser verificado os pacotes de serviços e o que está incluso neles, entre os quais, acomodações internas como: suite para a protagonista da festa, ou seja, a noiva, a debutante, etc. Local de cerimônia religiosa ou ecumênica, e se esta faz parte do pacote ou precisa ser paga a parte. Também podem ser verificados o tipo de buffet, decoração, bolo, doces finos, e serviços como cerimonial, foto e filmagem, entre outros. Finalmente, chega-se então aos preços e facilidades de pagamento.

Como escrever um texto de cerimonial de 15 anos

Um texto de cerimonial de 15 anos deve inicialmente ter como parâmetro um roteiro bem elaborado. Nele, deve constar o passo a passo do cerimonial. Uma vez definido isso, o próximo passo é sentar em frente a um computador e começar a escrever todo o texto.

Banner de Dayana, filha do cantor Latino.
Banner de Dayana, filha do cantor Latino.

Esse deve ser bem objetivo, sem pieguices e palavras chulas, ou de baixo calão. Cada titulo deve ser bem sucinto, ou seja, jamais  conter histórias muito longas. Um resumo de cada parte é o ideal. Um modelo de roteiro bem utilizado é aquele que contem: Abertura; história resumida da debutante desde seu nascimento;  representação de sua infância; entrevista ; vídeo com os melhores momentos de sua vida; homenagens dela para algumas pessoas e dentre estas devem estar aquelas que lhe prestarão homenagens; valsas; coreografia com “príncipe” ou com alguns casais, e finalmente, o “parabéns para você”.

 

Cerimônia de bodas de ouro

Foto do casal Neusa e Newton na comemoração de sua Bodas de Ouro.
Foto do casal Neusa e Newton na comemoração de sua Bodas de Ouro.

A cerimônia de bodas de ouro é a renovação dos votos aos 50 anos de casamento. Cada vez mais, torna-se um momento raro mas, que ainda existe, para alguns casais. E a cerimônia de celebração é maravilhosa. É a comemoração do amor de duas pessoas que passaram toda uma vida juntos, e cada um edificando o seu lar. De um lado uma mulher amiga, companheira e acima de tudo sábia. E conforme está escrito: ” uma mulher sábia edifica sua casa”. Essa mulher faz seu homem se sentir cada vez mais inteligente e capaz. Primeiro, por saber que tem ao seu lado um mulher na melhor definição do nome, e que, seu lar é o seu verdadeiro “porto seguro”. Sente então esse homem, o prazer de viver e construir junto com sua amada um lar, onde o amor e a felicidade são constantes.

Por tudo isso, comemorar as Bodas de Ouro ou 50 anos de união no casamento, é um marco conseguido por poucos e como diz o poeta  sobre o seu significado:

Bodas de Ouro

Coração apaixonado

Em nossos caminhos encontramos vários espinhos.
Nos nossos passos deixamos um belo jardim de flores.
Os tempos sofridos ficaram para trás.

Vivenciamos cada momento de ternura e paixão
Amamos os nossos filhos que foram criados com
Muito amor e alegria, Os netos agora caminham
Com tranqüilidade num futuro de paz.

Completamos indefinidamente um ao outro num grande amor
Deixando nossas tristezas para bem longe e comemoramos
Bodas de ouro numa infinita luz de alegria e muita fidelidade.

Afinal! Somos uma só carne numa só pessoa porque nos amamos
Um ao outro…

Autor: João Cavalcante Gomes.

 

Primeira cerimônia de 2013

O ano de 2013 começou com a cerimônia de casamento do casal de noivos Luciano e Fernanda Dergan, no dia  05 de janeiro,  na Casa de festas Mansão Paraíso, em Sulacap, no Rio de Janeiro.

Foto da fachada da Casa de festas Mansão Paraíso em Sulacap,RJ.
Foto da fachada da Casa de festas Mansão Paraíso em Sulacap,RJ.

A cerimônia foi linda e emocionante. A emoção foi grande desde o primeiro momento da entrada do cortejo dos padrinhos, pais, “daminha de honra”, e a bonita noiva conduzida por seu pai, e se prolongou durante toda a cerimônia, celebrada por Túlio de Pinho. Os pontos de destaque da celebração, ficaram por conta dos momentos da leitura de uma linda poesia por uma das irmãs da noiva, Renata, e seguiu na troca de votos entre os noivos, e  no ritual das areias,  entregues aos filhos  pelas respectivas mães, significando a sua aprovação e a união das famílias. Em seguida, foi completada com a troca de alianças entre os noivos Luciano e Fernanda. Tudo  perfeito e inesquecível, conforme palavras da noiva, ao final.

Os noivos Luciano e Fernanda com Túlio (à direita)
Os noivos Luciano e Fernanda com Túlio (à direita)